Home Page
Artigos
Sobre o Rebe
Fale conosco
 

Artigos

Laticínios casher

(Fonte: www.chabad.org.br)

Na cozinha Casher, os laticínios assumem um papel especial.

Todos os alimentos que contém leite, ou que são dele derivados, são considerados Chalavi ou milchig. Isto inclui leite, manteiga, iogurte, quefir, coalhada e todos os queijos (variáveis segundo sua consistência) - duros, macios e cremosos. Mesmo uma pequena quantidade de laticínio em um alimento faz com que este alimento seja considerado Chalavi. Todos os derivados de leite requerem um certificado de Cashrut Para que sejam asseverados como Casher devem ser obedecidos os seguintes critérios:

  • Devem provir de um animal Casher.
  • Todos os ingredientes devem ser Casher e isentos de derivados de carne. Muitas vezes, laticínios não- Casher são produzidos com ingredientes de origem animal. Por exemplo, Os queijos duros são feitos com coagulador (liquido segregado pela quarta cavidade do estômago dos mamíferos ruminantes e utilizado para coalhar o leite); iogurte, as vezes, contem gelatina e a manteiga pode conter aditivos não- Casher.
  • Devem ser processados em equipamentos Casher.

Muitos substitutos de leite, alguns tipos de cremes (isentos de leite), cereais e margarinas contem derivados de leite, assim como alguns adoçantes de baixo teor calórico. Os ingredientes de leite cujos nomes aparecem nos rótulos de muitos produtos incluem caseína (proteína existente no leite), lactose (açúcar encontrado no leite) e soro.

O pão comercial que possui ingredientes de leite apresenta problemas de Cashrut Consulte um rabino ortodoxo antes de comprar ou usar qualquer pão contendo ingredientes de leite.

Os alimentos de leite e de carne não devem ser preparados, servidos ou consumidos ao mesmo tempo. Utensílios separados são usados exclusivamente para laticínios. Recomenda-se um forno separado para assar ou tostar alimentos de leite.

Ao planejar refeições de laticínios, assegure-se de que seis horas se passaram desde que foi ingerida carne. Certos queijos duros, próprios para ralar (tipo parmesão), também requerem uma espera de seis horas antes de comer carne.

Chalav Yisrael

A Torá nos proibiu beber leite de animais não-casher, da mesma forma que proibiu comer sua carne, pois tudo o que é extraído de animal ou ave não-casher, é como se fosse sua própria carne.

A Lei judaica requer que na produção de leite e seus derivados, um mashguiach (supervisor judeu) esteja presente desde o começo da ordenha até o fim do processamento. O leite que é submetido a esta supervisão é conhecido como Chalav Yisrael. A tradição judaica acentua a importância de usar exclusivamente produtos de Chalav Yisrael, e enfatiza também que o uso de produtos que não são de Chalav Yisrael podem ter um efeito espiritual desfavorável.

Essas leis assumem um significado especial para as crianças, inclusive as crianças de berço. Muitas fórmulas para bebês contem leite ou ingredientes derivados de laticínios, os quais não são Chalav YisraeL Na maior parte dos casos, uma fórmula isenta de leite de vaca pode ser um substituto adequado.

Mesmo quando o Chalav Yisrael é muito difícil de ser obtido muitas pessoas, conscientes de seu efeito positivo na sensibilidade espiritual de um judeu, fazem todo o possível para adquirir esses produtos. E, certamente, onde eles são facilmente disponíveis, a pessoa é obrigada pela Lei judaica a fazer uso exclusivo desses produtos.

Todos os produtos de leite e seus derivados (queijo, manteiga, iogurte, sorvetes, etc) para serem casher devem obedecer certos critérios: devem provir de um animal casher, todos os ingredientes devem ser isentos de derivados de carne, e devem ser processados com ingredientes e em equipamento casher.

Mesmo uma pequena quantidade de laticínio em um alimento faz com que ele seja considerado chalavi, isto é, de leite.

voltar     avançar

Copyright © Kasher Brasil - Todos os direitos reservados          Site desenvolvido por DMZ WEB SERVICES